Cerca de 50 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Castelo Branco, Coimbra, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro apresentam esta terça-feira perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de Vila Real, Viseu, Bragança, Guarda, Coimbra, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Beja e Faro em perigo muito elevado de incêndio rural.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Às 07:30 de hoje, os incêndios que lavram nos concelhos de Murça e Chaves, no distrito de Vila Real, eram os que mobilizavam mais meios, com quase 700 operacionais no terreno, apoiados por mais de 270 meios terrestres, segundo dados da proteção civil.

De acordo com a ANEPC, às 07h30 combatiam os quatro incêndios em curso 728 operacionais, apoiados por 246 veículos.

Mais de mais de mil operacionais combatiam 32 incêndios – entre fogos em curso, resolução e conclusão – em Portugal continental, com o auxílio de 429 veículos.

Lusa/AM | Foto: Paulo Novais/Lusa